notícias, pensamentos, fotografias e comentários de um troineiro

terça-feira, 1 de abril de 2014

REVOLUÇÃO EM SETÚBAL

É uma autêntica revolução urbanística o que se está a passar em Setúbal!
Mais um projeto da maior importância para a cidade e para o país, até agora pouco ou quase nada divulgado, começa hoje a ver a luz do dia de forma a estar concluído no prazo máximo de nove meses, coincidindo o seu términus com o período de abertura do novo centro comercial ALEGRO.

A draga holandesa Stuff iniciou os trabalhos de aprofundamento do canal norte do Rio Sado o que permitirá a entrada no Porto de Setúbal e atracação do paquete Queen Elizabette II, que segundo garantiu a Cunard Line, virá inaugurar o novo terminal de cruzeiros transportando 1.700 turistas e uma equipagem composta por 1.015 tripulantes.

As obras de adaptação a hotel e terminal de cruzeiros do desaproveitado edifício da APSS, junto à Escola de Hotelaria, também serão iniciadas a tempo de estarem prontas aquando da inauguração da Marina de Setúbal, transformando aquele antigo e enorme prédio no mais moderno e funcional edifício do seu género em todo o mundo.

Na baixa da cidade, frente ao supermercado Pingo Doce, concluídas que foram as sondagens do terreno, começaram as montagens do estaleiro de obras para se iniciar os trabalhos do novo parque de estacionamento subterrâneo, com capacidade para acolher centenas de viaturas, projeto anunciado pela atual presidência da C.M.S.

Em simultâneo, começam os trabalhos de cobertura das ruas Serpa Pinto e Álvaro Castelões com acrílico transparente, permitindo a entrada de luz e o conforto de um moderno centro comercial.

Aquela zona da baixa ficará com configuração idêntica às galerias Victor Emanuel, em Milão. Trata-se de um projeto da autoria do arquiteto italiano Joseph Túlio Salavedra. Este é um importante projeto idealizado no decurso da presidência de Mata Cáceres e que agora se concretiza.

A maior parte dos prédios da baixa foram adquiridos por um grupo investidor dos Emiratos Árabes Unidos numa negociação (altamente confidencial) com os proprietários, tendo aquele grupo pago mais 25% do que o preço de mercado, como forma de adquirir o máximo de edifícios.

O grupo investidor árabe, responsável pela transformação em hotel e terminal de cruzeiros do edifício da A.P.S.S. instalará nas lojas da baixa uma área comercial direcionada sobretudo para os turistas, enquanto nos andares superiores devidamente adaptados funcionarão residências tipo aparthotel.

Para dar mais vida e juventude à zona central da cidade os investidores disponibilizaram um conjunto de 30 desses novos apartamentos para os  universitários, não só para os jovens que estudam no Politécnico como também para aqueles estrangeiros que para aqui se deslocam ao abrigo do Programa Erasmus.

Com esta medida a baixa da cidade contará em permanência com algumas dezenas de jovens residentes que dinamizarão aquele desertificado espaço.

Este é um investimento privado que mais que triplica o do Centro Comercial ALEGRO. Trata-se de uma parceria do empresário e investidor angolano José Tapadinha, 46%; O grupo árabe Al Vethan 44%; As autoridades locais com 8% e a Associação de Proprietários de Setúbal-Baixa com os restantes 2%.

O Secretário de Estado da Recuperação Urbanística, Manuel Dinares, estará em Setúbal, nesta terça-feira, pelas 16 horas onde no Parque Urbano de Albarquel se juntará às autoridades locais e aos investidores privados, inaugurando uma gigantesca e elucidativa maquete que mostra a baixa da cidade completamente renovada e será nesse emblemático parque que será servido um lanche patrocinado pelos comerciantes da baixa.

Os promotores fazem questão de convidar os setubalenses a juntarem-se nesta terça-feira festiva à apresentação deste mega empreendimento, que revolucionará urbanisticamente a cidade do Rio Azul.


Rui Canas Gaspar


MENTIRA DE 1 de ABRIL - Provavelmente o texto sobre Setúbal mais lido e partilhado neste tradicional dia das mentiras, deu-me imenso gozo ler os mais diversos comentários dos leitores no facebook.

2 comentários:

  1. Para 1 de Abril de 2014, não está nada mal...

    É pena não ser verdadde!!!

    ResponderEliminar